12 abr

Audi A3 Sportback renovado já está a venda no Brasil

A Audi já está vendendo no Brasil a versão 2017 do A3 Sportback. O modelo chega importado da Alemanha, e será oferecido apenas na versão Ambiente, com o motor 1.4 TFSI de 122 cv combinado ao câmbio DSG de sete marchas.

As mudanças são evolutivas e sutis: os faróis agora têm um recorte na parte inferior e são integralmente de LEDs, a grade foi redesenhada com um formato mais hexagonal, e os para-choques também ganharam tomadas de ar remodeladas. Por último, as rodas têm um novo design nessa versão 2017.

O preço pedido é R$ 125.000, e, se equipado com todos os opcionais, pode chegar a R$ 156.400. O pacote Conforto, com bancos de couro sintético, cruise control e porta-objetos, sai por R$ 8.000. Para ter o teto solar panorâmico, é preciso desembolsar mais R$ 7.000. Multimídia com GPS? R$ 15.000. A pintura metálica ou perolizada sai por mais R$ 1.500.

Supercarro de Emerson Fittipaldi irá custar US$ 1,5 milhão

1AQ2Y7585-620x413

Depois de lançar seu supercarro EF7 GTR no Salão de Genebra, Emerson Fittipaldi agora irá concentrar seus esforços nos EUA. Em entrevista ao site Automotive News, Emerson Fittipaldi disse que pretende vender ao menos a metade dos 39 EF7 GTR que serão produzidos no mercado norte-americano. O preço? Ele será oferecido por US$ 1,5 milhão – algo em torno de R$ 4,7 milhões em conversão direta.

O modelo, como já dissemos neste post, foi estilizado pela Pininfarina, e usará um motor V8 4.8 aspirado de 600 cv produzido pela HWA, a atual empresa de Hans Werner Aufrecht, fundador da AMG. Segundo Emerson, o carro tem a distribuição de peso ideal de 50% em cada eixo, e foi inspirado pelas formas dos tubarões e também pela obsessão de Colin Chapman na redução de peso.

Na entrevista, Emerson Também revelou que a Fittipaldi Motors é uma marca americana, uma vez que é sediada em Coral Gables, na Flórida, onde o piloto vive com sua família. Não há planos de criar uma rede de concessionárias/revendas (o que faz sentido, afinal, são apenas 39 carros de pista); os interessados deverão entrar em contato diretamente com a empresa. Mais adiante Emerson ainda pretende “explorar” a possibilidade de torná-los aptos a rodar nas ruas.

 

Corvette ganha edição comemorativa de 65 anos

2018-Chevrolet-Corvette-Carbon65-Edition-001

O Corvette está prestes a completar 65 anos de estrada, e para começar a festa a Chevrolet está lançando uma edição especial batizada Carbon 65 Edition, que será limitada a 650 unidades em todo o mundo.

2018-Chevrolet-Corvette-Carbon65-Edition-002

A série será baseada nas versões Grand Sport e Z06, ambos do modelo 2018, e serão diferenciados dos demais por um pacote aerodinâmico de fibra de carbono exposta, que inclui um spoiler traseiro, saias laterais, splitter frontal, e acabamentos das saídas de ar laterais e do difusor traseiro. Apesar de ser apresentado na cor branca, ele também será oferecido no inédito tom de cinza “Ceramic Matrix Gray”.

2018-Chevrolet-Corvette-Carbon65-Edition-007 Exclusive Carbon 65 sill plates greet driver and passenger. The Carbon 65 Edition features special graphics on the doors and front fenders.

No campo estético o Carbon 65 Edition terá faixas nos para-lamas e gráficos nas portas, pinças de freio azuis e interior de camurça sintética preta com costuras azuis, bancos Competition Sport e volante com aro de fibra de carbono. O pacote custará U$ 15.000 e será oferecido a partir do segundo semestre.

Mustang EcoBoost ganha versão de 557 cv em concessionária americana

2dcd7c9fc0257d610b710ec0ae2ce479x

Você talvez não lembre da concessionária/preparadora Lebanon Ford por seu nome, mas certamente lembra que ela está vendendo Mustangs novos de 1.200 cv zero-quilômetro pelo equivalente a R$ 155.000. Agora, a concessionária – que tem uma divisão de preparação batizada LFP — decidiu colocar suas mãos no Mustang EcoBoost e deu a ele nada menos que 550 cv com uma “preparação conservadora”.

maxresdefault

Batizado LFP 550, o modelo ganhou um novo turbo Borg-Warner, um intercooler maior e uma reprogramação da ECU para fazer tudo funcionar como deve. Com essas simples modificações a potência do motor 2.3 do Mustang EcoBoost salta de 310 cv para 550 cv. O preço? US$ 32.995, equivalente a cerca de R$ 105.000 em conversão direta. A LFP, contudo, recomenda que o comprador selecione o Mustang EcoBoost com o pacote Performance, de US$ 2.000, que equipa o carro com rodas maiores, suspensão recalibrada e arrefecimento otimizado.

Para quem já tem um Mustang EcoBoost, a LFP oferece o kit separadamente por US$ 7.700 — cerca de R$ 25.000.

Land Rover Defender é transformado em SUV italiano por ex-presidente da Lotus

ares_defender

Lembra de Dany Bahar, o ex-presidente da Lotus que queria produzir um SUV com a marca criada por Colin Chapman? Pois parece que ele ainda está com a ideia fixa em sua cabeça, só que agora ele decidiu usar como base algo mais apropriado que uma marca famosa por seus carros simples e leves.

Bahar agora está à frente da Ares Design, um estúdio de design sediado em Modena que firmou uma parceria com a JE Motorworks, uma tradicional preparadora de Land Rovers, para criar uma série especial de 53 unidades do Defender, com visual ainda mais parrudo e com um motor V8 Rover, de 282 cv. Além do motor, a suspensão também foi modificada, ganhando 50 mm de altura, e o Defender ganhou soleiras, rack de teto e um guincho elétrico, bem como rodas e pneus offroad. Por dentro, o modelo terá detalhes em alumínio, fibra de carbono, madeira trabalhada a mão e couro italiano nos bancos.

Infelizmente ainda não há detalhes sobre preços ou prazos para a apresentação do modelo, mas Bahar afirmou ao site Autocar que a produção do SUV já está em curso.

Deixe um comentário