12 jun

Sim, você leu certo: a Porsche decidiu fazer uma surpresa para todo mundo e mostrar o novo 911 GT2 RS não em um evento de carros, mas no maior evento de games do planeta, a E3 2017, em Los Angeles. O anúncio veio junto com a apresentação de Forza Motorsport 7, novo jogo da franquia de corrida da Microsoft, que será um dos títulos de lançamento do XBox One X, o novo console da companhia, e trará o GT2 RS na capa.

Foi por isso que a Porsche mostrou o carro na E3, ao mesmo tempo que o game. Isto faz do novo 911 GT2 RS o primeiro automóvel a fazer sua primeira aparição pública em uma exibição de jogos eletrônicos, e não em um salão do automóvel.

Claro, o foco era Forza Motorsport 7, e por isto mesmo a Porsche não se estendeu nos detalhes a respeito do 911 GT2 RS. O que significa que não há muito mais informações técnicas a seu respeito do que a gente já disse neste post — resumidamente ele usará o 3.8 flat-6 com dois turbos, algo entre 650 cv e 700 cv, além de tração somente na traseira, esterçamento das rodas traseiras e aerodinâmica ainda mais refinada. No entanto, podemos comentar o que dá para ver no novo monstro de pista da Porsche. Bora?

Para começar, comparado ao último dos GT2 RS, ainda pertencente à geração 997, fica claro que o novo modelo é muito mais racer. Elementos chave ainda estão ali, como a pintura no capô, os elementos aerodinâmicos mais agressivos e a tomada de ar nos para-lamas traseiros. No entanto, as coisas ficaram bem mais radicais agora – afinal a Porsche sabe que precisará enfrentar uma concorrência mais afiada do que nunca.

Forza_Motorsport_7___2018_Porsche_911_GT2_RS__4_

Repare no tamanho das entradas de ar para o radiador no para-choque dianteiro, e no enorme “queixo” formado pelo splitter frontal – tendência já apresentada em outros esportivos voltados para os circuitos, como o Camaro Z/28. Nas extremidades da peça, há dois pequenos escoadores aerodinâmicos, quase colados ao para-lama dianteiro, que provavelmente estão ali para reduzir a turbulência causada pelos pneus. Os dutos de escoamento também estão presentes no para-lama dianteiro, reduzindo a pressão dentro das caixas de roda e aumentando, assim, o downforce sobre o eixo dianteiro. Parece a mesma peça utilizada no GT3 RS.

Forza_Motorsport_7___2018_Porsche_911_GT2_RS__3_ (1)porsche_911_gt2_rs_997_coupe2d-4537

O 911 GT2 RS 997, para efeito de comparação. Principais mudanças estão na aerodinâmica – o 997 de repente ficou conservador

A grande asa traseira fixa é bem alta e bastante recuada, de modo que recebe um fluxo de ar mais limpo e livre de turbulência em alta velocidade, e também causa um efeito alavanca, aumentando a capacidade da peça de gerar downforce. Também podemos ver os dutos NACA no capô, que levam ar frio para os freios dianteiros.

As rodas e pneus são gigantescos. A Porsche não comentou nada a respeito, mas nas fotos dá para ver que as rodas dianteiras de 20” calçam pneus de medidas 245/35, enquanto na traseira, rodas de 21” usam pneus 325/30, Michelin Pilot Sport Cup 2 nos quatro cantos.

Forza_Motorsport_7___2018_Porsche_911_GT2_RS__2__copy.0

Para se ter uma ideia, as medidas dos pneus no 911 GT2 RS antigo eram 245/35 na dianteira e 325/30 na traseira, calçando rodas de 19 polegadas. É importante lembrar que, com duas polegadas a mais nas rodas, os discos de freio podem ser pelo menos uma polegada mais largos. Com isto, além da melhor dissipação de calor, o poder de frenagem é maior, pois a pinças ficam mais distantes do centro do disco. Além disso, pneus de maior diâmetro garantem uma área de contato com o solo alguns mm mais longa, o que melhora aderência longitudinal sob aceleração.

Forza_Motorsport_7___2018_Porsche_911_GT2_RS__6_

Infelizmente a Porsche também não revelou imagens do lado de dentro do carro. Deixe nos comentários o que você achou.

Deixe um comentário